‘Muçulmanos de Lisboa condenam ofensas a Maomé mas rejeitam violência’ (Notícia da Rádio Renascença)

A entrada de Mesquita Central de Lisboa

“Presidente da Comunidade Islâmica de Lisboa deixa repto a todos os interessados em saber mais sobre Maomé a visitar as mesquitas lisboetas no próximo 5 de Outubro.

A Comunidade Islâmica de Lisboa (CIL) emitiu um comunicado no qual lamenta o “tratamento desrespeitoso e mesmo ofensivo” que tem sido dado a Maomé, considerado pelos muçulmanos como o profeta de Deus, “magoando profundamente a todos que, como crentes, respeitam o Mensageiro a quem foi revelado o nosso livro sagrado”.”

A notícia original pode ser lida aqui.

2 respostas

  1. Seria óptimo, que o convite se estendesse, a todos os dias de feriados religiosos em Portugal. Seria bom, que a população encontrasse, o que é comum ás duas religiões com profetas distintos, isto é DEUS UNO. O dia 5 de Outubro é dos laicos, e eles não percebem Deus em nenhuma das religiões. Com toda a modéstia, sugiro outro método de abordagem, a bem de todos nós e do Mundo…

  2. O Presidente da Comunidade Islâmica de Lisboa devia era ir viver uns 5 anos para os países muçulmanos, podia começar por Marrocos, Argélia, Tunísia, Líbia e Egipto.
    Finalmente devia acabar no Qatar e na Arábia Saudita.
    Que lindos que eles são todos.

Leave a Reply

%d bloggers like this: