Greta Thunberg Tem Razão: os Políticos Estão a Levar-nos à 6.ª Extinção

O mundo caiu em cima da pequena Greta Thunberg, depois desta confrontar os líderes políticos presentes na Cimeira das Nações Unidas de 23 de setembro de 2019, com o tema “Climate Action Summit”. No seu discurso de adolescente de 16 anos, Greta emocionou-se e atacou os presentes entre lágrimas, indignação e repulsa pelas constantes mentiras dos líderes políticos que sempre prometem mudanças na área ambiental, mas que pouco ou nada fazem. As suas palavras foram o seu grito de desespero perante a fria inação mundial face aos problemas reais de destruição acelerada do meio ambiente e da poluição generalizada do nosso planeta: “Ecossistemas inteiros estão a colapsar; estamos no início de uma extinção em massa e mesmo assim, tudo aquilo que vos interessa é o dinheiro e histórias de enganar, de crescimento económico eterno”. Mas apesar dos seus milhões de apoiantes por todo o mundo, o discurso de ódio das redes sociais explodiu instantaneamente depois da sua intervenção.

Foi agredida violentamente por palavras, vítima até de ataques sexualizados de todos os tipos, bullying, ameaças de morte e todo o tipo de parvoíces e futilidades digitais modernas, memes, stickers, videos, gif’s e paródias para tentarem simplesmente destruir a sua convicção. O mundo contra uma adolescente que, apoiada ou não por grupos desconhecidos ligados ao Ambiente e à Esquerda Activista, está a tentar praticar o bem, a bem da humanidade e da nossa própria salvação enquanto humanos, responsáveis por toda a vida neste planeta, enquanto espécie dominadora de todas as outras. Mas os ataques não vieram apenas de indivíduos nas redes sociais. Políticos, Presidentes, empresas anti-Ambiente e até grupos Ambientalistas mais radicais, personalidades de todos os tipos resolveram atacar abertamente Greta, na praça pública. Pela sua resiliência, esta “pirralha” como foi chamada por Trump e Bolsonaro, foi eleita personalidade de 2019 pela revista Time.

Como é possível que o mundo tenha chegado a este ponto? Pessoas a atacarem uma adolescente que mais não quer do que Proteger o Ambiente e defender os interesses das novas gerações?

Desde os anos 90 que os cientistas, utilizando a moderna tecnologia da época começaram a alertar para a necessidade de proteção dos ecossistemas, reduzir a destruição do ozono, apresentar soluções ambientalistas para reduzir a poluição e fomentar a reciclagem. Inúmeras associações do Ambiente e Grupos Activistas iniciaram campanhas locais e globais de sensibilização, acções e formação, junto de todas as camadas etárias e grupos sociais. Este tipo de ações já tinha aliás começado nos anos 60, mas na altura as vozes que se insurgiam eram muito menos e eram de imediato conotadas com grupos políticos de esquerda, o que era muito mal visto pela sociedade em geral, na época e fortemente atacado pelos media. Mas agora, o mundo está cansado de promessas ocas sobre Defesa do Ambiente. É tempo de Agir. É tempo de Mudar. Por isso um dos slogans que se destacou em 2019 nas manifestações a favor do Ambiente foi “We Need Change”.

Pois bem, o que os políticos não fizeram em 30 anos, um vírus invisível aos olhos, está a fazer. Aliás os políticos não só fizeram quase nada ou muito pouco, como se preocuparam sempre acima de tudo em fazer a economia mundial crescer exponencialmente. E esse crescimento vai precisamente na direção oposta da proteção dos ecossistemas e do Ambiente em geral. Quando mais se produzir, mais se consome, mais se polui. Parece uma lógica bastante simples de entender, até por uma criança. E no entanto, apesar da simplicidade na procura de soluções, a humanidade parece estar mais preocupada em caminhar no sentido contrário, para a extinção total das espécies, incluindo a sua e para a total destruição da natureza. Consumir é o modelo dos políticos e dos economistas. É o modelo que nos vai levar a curto prazo à extinção. E, tal como previsto por Saramago, a humanidade, cega pelo materialismo, não consegue sequer ver o que está diante dos seus olhos.

A 6.ª extinção do nosso planeta já começou e está a apenas algumas décadas de catástrofes irreversíveis. A 1.ª extinção causada por humanos. Em 2050 a população mundial deverá ser já de 9 biliões e meio. E se todos consumirem o que uma família média consome, antes dessa data os recursos fundamentais entrarão em colapso. A escassez de alimentos e água limpa originará novas doenças incuráveis que, por sua vez, dizimarão muitas populações. Mas nada disto interessa aos políticos que têm todo o poder para mudar este estado de coisas. O ano 2020 marca apenas o primeiro ano da viragem. O princípio do fim. Para termos ideia apenas de um pouco do que nos vai acontecer daqui para a frente, aconselho o excelente documentário Endgame 2050.

Texto de Pedro M. Duarte

2 comments

  1. Nós precisamos de um Vírus, que faça enfraquecer e desaparecer, apenas as pessoas que comem carne ou peixe.
    Todos os que não comem carne ou peixe, não terão qualquer problema com a contaminação.
    Serão todos contaminados pelo ar e pela água, e apenas resistirão as pessoas que não comerem carne nem peixe.
    Atenção: A contaminação não acontecerá por comer carne ou peixe. A contaminação será geral. Todos serão contaminados pelo ar e pela água. Só que quem não comer carne ou peixe, mesmo contaminado, nada lhe acontecerá. Quem continuar a comer carne e peixe, adoecerá severamente e não conseguirá resistir.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s