As Vacinas COVID-19 Estão a ser Administradas sem uma Precaução Necessária. Porquê?

As vacinas contra a COVID-19 não devem ser injectadas de forma intravenosa, ou seja, não devem ser injectadas directamente para dentro das veias, mas sim para dentro de um músculo. Para ter a certeza que a vacina não é injectada diretamente para dentro do fluxo sanguíneo, deve ser feita uma coisa chamada “aspiração“, ou seja, retrair um pouco a seringa para ver se sai sangue- se sair, o processo deve ser recomeçado, e a injeção só deve prosseguir se a aspiração não resultar numa extração de sangue, confirmando então que a agulha não está inserida numa veia. Esta precaução importantíssima é conhecida pelos fabricantes das vacinas contra a COVID-19, porém, a maioria dos funcionários que estão a fazer a administração não o estão a fazer. Porquê?

O médico Dr. John Campbell fez vários vídeos sobre o assunto, e confirma que a administração das vacinas no Reino-Unido e nos Estados Unidos da América não têm sido feita com esta precaução importante.

Será possível que algumas das reações adversas à vacina contra a COVID-19 tenham sido provocadas por esta negligência potencialmente criminosa?

 

João Silva Jordão

Partilhar Artigo

Facebook
Twitter
LinkedIn
Artigos recentes
Inscreva-se no blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para se inscrever neste blog e receber notificações de novos posts por e-mail.

Join 335 other subscribers

Número de visualizações
  • 1.152.704 hits

Deixe o Seu Comentário!