O seu Mac foi furtado?

 

Se o seu Mac foi furtado ou roubado é preciso que tenha, desde logo, a noção de que é possível e que nem é particularmente difícil aceder aos dados no disco do seu Mac. Para o fazer há, pelo menos, três métodos: arrancar em “single user mode” e mudar a root password, arrancar o mac arrancando com um LiveCD (por exemplo o do Ubuntu) ou ainda ligando o disco do Mac, sem o abrir, a outro Mac, usando o “Target Disk Mode”.

Sabendo isto há que contudo saber que as passwords protegidas pelo Keychain estão relativamente seguras (e o “relativamente” surge aqui porque tendo acesso directo e local ao disco nunca, nada, será “completamente” seguro). Embora os ficheiros possam ser acedidos com facilidade, a password login do keychain não é mudada pela mudança da password de admin e para a crackar só com um ataque de força bruta: lento, ineficiente e, provavelmente, inócuo.

Se perdeu o seu mac e se configurou a funcionalidade “Find My Mac” https://www.icloud.com/find/ aceda à dita noutro Mac, Windows ou iPhone e verifique se o Mac já foi ligado à rede. Se foi, imprima o écran com a localização para entregar à polícia (não tente, nunca, fazer Justiça pelas suas próprias mãos: já morreram pessoas a tentarem recuperar os seus Macs roubados!). Esta funcionalidade usa a frequência, de baixa energia, Bluetooth para detectar Macs que estejam em hibernação ou desligados e envia sinais para Macs que estejam próximos e ligados à Internet. Estes sinais estão encriptados pelo que estas comunicações são seguras e não comprometem a privacidade do utilizador que perdeu o equipamento.

Além do “Find My Mac” tem ainda a opção para “Lock Your Mac” que permite remotamente bloquear o acesso ao Mac com uma password de firmware e apresentar uma mensagem com os seus detalhes de contacto. Este é um passo importante porque permanecerá mesmo se os ladrões tentarem fazer um “wipe” ao seu Mac e como pode adicionar uma mensagem sua pode colocar um texto em que promete uma recompensa para convidar o ladrão a devolver o equipamento “encontrado” ou para que reduzir seu valor de mercado (inscrevendo na mensagem a informação de que o Mac foi roubado).

Se perdeu qualquer esperança de recuperar o Mac e, sobretudo, se tem em disco ficheiros confidenciais (por exemplo um ficheiro com passwords de contas de online banking) dê remotamente o comando para “Erase Mac”. As acções (Lock ou Erase) serão aplicadas assim que o Mac for ligado a uma rede com acesso à Internet. Aceda também a https://appleid.apple.com/account/manage e remova este ou outros equipamentos antigos que aqui encontrar.

De seguida, ligue ao Apple Support através do número 800 207 983 e comunique o roubo ou furto (para impedir que alguém o leve a uma Apple Store para ser “reparado”: embora isso não seja eficaz a 100% e por vezes o Apple Support nega que façam esse serviço).

Mude agora a sua Apple ID password e, por percaução, todas as contas de online banking e do Office 365, Google Accounts, etc, enfim: todas as passwords de todas as contas que se recordar.

Agora chegou o momento de recolher todos os dados do equipamento perdido e de ir até à esquadra da PSP ou GNR mais próxima e apresentar queixa.

Quando chegar a casa, noutro computador ou smartphone, aceda ao seu gmail e em “Details” (no canto inferior direito) verifique o endereço TCP/IP de onde foi feito o último login. Se aparecerem endereços com localizações improváveis para si (locais onde nunca esteve) entregue esses elementos à polícia. Consegue determinar o local aproximado em sites como o https://www.geoiptool.net

Para aumentar a sua segurança para a próxima vez que se roubarem o Mac:

1. Considere usar a encriptação do disco com o FileVault (mas tenha em consideração o impacto na clonagem do disco). Isto significa que, sem a password, ninguém conseguirá aceder aos seus ficheiros, mesmo se arrancarem e ligarem o seu Mac ao segundo Mac ou se arrancarem por USB ou por um disco externo. Esta é, assim, e de facto, a única forma realmente segura de impedir o acesso aos seus dados em disco.

2. Faça backups regulares do seu Mac com o Time Machine. Desta forma, mesmo se o perder, não perderá os seus dados. Mas lembre-se de, separar (esconder) o disco do backup ou de nada este lhe servirá… Considere opções remotas como a Carbonite ou a Backblaze.

3. Crie uma Guest Account no seu Mac. Isto vai convidar o ladrão a entrar na dita e, assim, a permitir a ligação à Internet e, consequentemente, a activação do seu comando de Erase ou de Find Me. Se configurou na sua Apple Account uma mensagem “Custom Lock Screen” com um contacto seu (um mail) que possa servir de contacto caso encontre o seu Mac ou para, pelo menos, ficar com a opção de negociar com o ladrão a devolução do equipamento e se esse contacto acontecer: contacte a polícia. Se o Mac for vendido depois de furtado ou roubado o “Lock Screen” vai aparecer ao comprador (é uma password de firmware) e isso vai diminuir o valor do equipamento e, talvez, impedir a transacção e, certamente, qualquer intervenção por parte de um centro de reparações autorizado pela Apple. Esta password de firmware irá também impedir a reinstalação do sistema operativo.

Por fim, fotografe o Mac, as facturas de compra e envie tudo para o seu próprio mail ou de um familiar ou amigo de confiança: esses elementos poderão ser importantes quando quiser apresentar queixa por furto ou roubo.

E Boa Sorte na recuperação do seu equipamento perdido !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s